Arquivo da Categoria "Eventos"

La Locandiera, de Carlo Goldoni

Postado por admin em 09/nov/2019 - Sem Comentários

Registro fotográfico do evento de leitura e tradução de La Locandiera, de Carlo Goldoni, realizado em 29 de outubro de 2019 no Instituto de Letras da UFF. A tradução foi realizada por alunas e alunos do curso de Letras-Italiano da UFF, sob orientação do professor Emanuel Brito.

Texto original:

GOLDONI, Carlo. Opere. Con appendice del teatro comico nel Settecento. A cura di Filippo Zampieri. Milano-Napoli: Riccardo Ricciardi, 1954 (Ed. digitale: Treccani 2013).

Tradução e leitura das cenas:

MARQUÊS:                                       NARA IRLEY DOS SANTOS

CONDE:                                           BIANCA MAGALHAES DE ALMEIDA

CAVALHEIRO:                                 JEANE COSTA DOS SANTOS

SERVO DO CAVALHEIRO:               BEATRIZ RIBEIRO BAZILIO DA SILVA

FABRIZIO:                                       LIAMAR ANTUNES DE ALMEIDA

MIRANDOLINA:                               ROBSON FARIAS SARDINHA

Organização e apoio:

Emanuel França de Brito e Rachele Lotti

Palestra com Paula Ramos – Urbi et orbi: as edições da antiga Livraria do Globo

Postado por admin em 03/set/2019 -

O Núcleo de Tradução e Criação da UFF convida para uma conversa com Paula Ramos (UFRGS) sobre a antiga Livraria do Globo, editora responsável pela publicação, pela primeira vez em língua portuguesa, de autores referenciais da literatura internacional, como James Joyce, Virginia Woolf, Thomas Mann e Marcel Proust. Paula discorrerá sobre a pesquisa que culminou no livro A MODERNIDADE IMPRESSA – ARTISTAS ILUSTRADORES DA LIVRARIA DO GLOBO – PORTO ALEGRE (2016), agraciado com diversos prêmios, dentre os quais o jabuti 2017.

Quando: 9 de set às 16:00

Onde: UFF, campus Gragoatá, sala 218C

Evento no Facebook:
https://www.facebook.com/events/352416079034011/

Comunicações – programação definitiva

Postado por admin em 19/Maio/2019 -

Vejam a programação e os locais das comunicações do II Colóquio Tradução e Criação:

Cada apresentador terá 15 minutos para apresentar seu trabalho. Pedimos que respeitem esse limite de tempo, pois, ao final de cada três apresentações, teremos 15 minutos para debate.

As salas reservadas para o colóquio contam com computador e TV ou data show. Porém a internet na UFF às vezes é instável, e sendo assim aconselhamos trazer sua apresentação em um pendrive e ter um plano B (sua fala impressa por exemplo) para qualquer outro tipo de eventualidade.  

As comunicações ocorrerão todas no Bloco C do Instituto de Letras da UFF. Endereço: Campus do Gragoatá – Blocos B e C – Rua Prof. Marcos Waldemar de Freitas Reis, s/nº – São Domingos – Niterói – RJ

Caderno de resumos:

Informamos que mesmo que haja paralisação em 30/5, o colóquio manterá sua programação ajustando a programação da parte da tarde e o Instituto de Letras da UFF estará aberto para nos receber. 

Palestra “Bibliotecas imaginárias dos tradutores franceses de Machado de Assis: o fantástico de Gautier a Maupassant”, com Emilie Audigier

Postado por admin em 16/Maio/2019 -

Na próxima quinta, 16/5, às 16h, o ntc recebe a profa. Emilie Audigier para a palestra “Bibliotecas imaginárias dos tradutores franceses de Machado de Assis: o fantástico de Gautier a Maupassant”.

Emilie Audigier é professora de Letras e Língua Francesa na Universidade Federal do Maranhão, coordena o grupo de pesquisa do CNPq “Tradução Literária: História, crítica e experiências”. Doutora em Letras (Université de Provence, cotutela com a UFRJ), fez pós-doutorado na PGET (Pós Graduação em Estudos da Tradução) na Universidade Federal de Santa Catarina, com pesquisa sobre “As bibliotecas imaginárias dos tradutores franceses de Machado de Assis” e pós-doutorado no POSTRAD (Pós-Graduação em Estudos da Tradução) na Universidade de Brasília, na Universidade de Brasília. Tradutora de literatura, ciências humanas e arte brasileiras (trabalhou com Leya, Flammarion, Chandeigne, Métailié, Books, editora EHESS). Publicou nos livros Traduire le même et le soi (Presses Universitaires de Provence), O trabalho da tradução (Ed. Contracapa), Retraduire en littérature de jeunesse (Ed. Peter Lang), La poésie du brésil (Ed.Chandeigne), Le bestiaire fantastique des voyageurs (Arthaud) e Histoire des traductions en langue française – 20e s. (Ed. Verdier). Coordenou o Escritório do livro francês na Embaixada da França do Brasil, em missão nacional e internacional, atualmente é editora de literatura e ensaio na Passage(s).

Chamada II Colóquio Tradução e Criação

Postado por admin em 22/jan/2019 -

CHAMADA PARA COMUNICAÇÕES – ENCERRADAS

II COLÓQUIO TRADUÇÃO E CRIAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

28 a 31 de maio de 2019

O Núcleo de Tradução e Criação da Universidade Federal Fluminense informa que está aberta até 25 de fevereiro de 2019 a chamada para comunicações a serem apresentadas no II Colóquio Tradução e Criação. O evento será realizado de 28 a 31 de maio de 2019 no Instituto de Letras Campus Gragoatá da Universidade Federal Fluminense. Além das mesas de comunicações, o evento contará ainda com palestras e mesas-redondas com a presença de importantes docentes/pesquisadores da área de Estudos da Tradução e Criação, bem como de escritores, artistas e tradutores.

O Colóquio Tradução e Criação tem como objetivo fomentar a já intrínseca interdisciplinaridade nas áreas de Tradução e Criação, promovendo a divulgação de pesquisas com ênfases diversificadas tais como tradução literária, adaptação, tradução fílmica, escrita criativa, multimodalidade, dentre outras, buscando não só a divulgação de estudos afins, mas também a promoção de debates acerca das possibilidades da Tradução e da Criação enquanto áreas complementares e abertas a constante e frutífero diálogo.

Neste segundo colóquio, contaremos com uma homenagem especial a Augusto de Campos no primeiro dia do evento, por consideramos sua obra emblemática das relações interdependentes entre o ato de traduzir e criar. A palestra de abertura será de Gonzalo Aguilar (tradutor, professor de Literatura Brasileira e Portuguesa na Universidade de Buenos Aires e especialista em poesia concreta), a qual será seguida por uma mesa com a presença de Andre Vallias (poeta, designer gráfico e produtor de mídia interativa), Frederico Coelho (PUC-RJ) e Adalberto Müller (UFF).

Por isso encorajamos, em especial, comunicações que tratem de sua obra nas vertentes poética e tradutória, se é que tal distinção é possível. Também sugerimos comunicações acerca de tópicos como a autoria do tradutor, o papel criativo daquele profissional, os múltiplos aspectos da adaptação fílmica e da interrelação entre as artes, a relevância da inclusão de trabalhos de criação artística como produtos de reflexão acadêmica na subárea de Letras e Linguística (e não só na área de Artes), tradução especializada, além de pesquisas em interpretação, audiodescrição, tradução audiovisual e tradução/interpretação de LIBRAS.

Esperamos contar com sua participação e colaboração na divulgação deste evento!

Informações importantes

1) Serão aceitas contribuições de doutores, doutorandos, mestres, mestrandos, graduados ou graduandos de Iniciação Científica, estes últimos desde que em coautoria com seus orientadores.

2) As propostas de comunicação devem ser enviadas através do formulário https://goo.gl/forms/d5SaCLW9rl1fUecG2 até a data limite (25/02/2019). Enviar os resumos em arquivo tipo DOC, fonte Times New Roman tamanho 12, espaçamento simples, parágrafo justificado, identificando-se no nome do arquivo. Os resumos deverão conter as seguintes informações: nome(s) do(s) proponente(s); titulação acadêmica; filiação institucional do(s) proponente(s), se houver; endereço de e-mail do(s) proponente(s); título da proposta; resumo (de 150 a 250 palavras); e palavras-chave (mínimo de três e máximo de cinco).

3) Poderá haver envio de até duas comunicações, desde que uma delas seja em coautoria. Poderão ser aceitas mais de duas comunicações por autor no caso de orientadores com vários alunos de Iniciação Científica.

4) Os autores receberão os resultados, as cartas de aceite e informações para realização do pagamento da taxa de participação até 15 de março de 2019.

5) Valores das inscrições:

Titulação Valores até 15/04Valores até 15/5
Graduandos e graduados
R$ 35,00
R$ 45,00
Pós-graduandosR$ 70,00R$ 80,00
DoutoresR$ 100,00R$ 110,00

6) Ouvintes: inscrições gratuitas, através do formulário https://goo.gl/forms/d5SaCLW9rl1fUecG2.

7) Dúvidas e informações: escrever para coloquiotraducaoecriacao@gmail.com

Convidados confirmados:

Adalberto Muller (UFF)

Alessandra Vannucci (UFRJ)

Álvaro Faleiros (USP)

Andre Vallias (poeta, designer gráfico e produtor de mídia interativa)

Andreia Guerini (UFSC)

Bernardo Brandão (UFPR)

Christiano Sanches do Valle Silva (PUC/RJ)

Daniella de Aguiar (UFU)

Eloar Guazzelli (ilustrador e quadrinista)

Erick Felinto (UERJ)

Frederico Coelho (PUC-RJ)

Gonzalo Aguilar (Universidad de Buenos Aires)

Guilherme Gontijo Flores (UFPR)

Hernan Ulm (Universidad Nacional de Salta)

Larissa Magalhães Costa (PUC/RJ)

Leila Danziger (UERJ)

Marcelo Jacques de Moraes (Esttrada/UFRJ)

Patrícia Lavelle (PUC-RJ)

Rodrigo Tadeu Gonçalves (UFPR)

Simone Brantes (poeta)

Susana Kampff Lages (UFF)

Teresa Dias Carneiro (UFRJ)

Vanderley Mendonça (jornalista, designer, tradutor e editor)

Realização: ntc / cnpq

Apoio: uff / instituto de letras / posling uff / labestrad

Perdidos & Achados – Ateliê de Tradução e Criação (2017-2018)

Postado por admin em 17/dez/2018 -

Confiram as fotos do ateliê de 14 de dezembro de 2018: 

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

A convidada desse dia será a escritora e tradutora alemã Anne Weber, e a fala dela será mediada pela professora Schamma Schahadat, da Universidade de Tübingen. Haverá interpretação para o português.

(Ateliê de 12 de novembro de 2018)

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

O Núcleo de Tradução e Criação (NTC) do Instituto de Letras da UFF, campus Gragoatá, tem o prazer de convidá-lo para o Perdidos & Achados – Ateliê de Tradução e Criação do mês de outubro. Será na sexta-feira dia 05/10, a partir das 14h, na sala 414 do Bloco B, e neste dia a tradutora e pesquisadora Graziela Schneider nos falará sobre o tema “Tradução de mulher”. Vamos também conhecer um pouco mais sobre a relação de nosso professor Emanuel Brito com a tradução e a criação. A mediação dessa conversa será feita pela professora Ekaterina Volkova.

(Ateliê de 5 de outubro de 2018)

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

O Núcleo de Tradução e Criação (NTC) do Instituto de Letras da UFF, campus Gragoatá, tem o prazer de convidá-lo para o Perdidos & Achados – Ateliê de Tradução e Criação do mês de setembro. Vai ser na sexta-feira dia 14/9, a partir das 14h, na sala 414 do Bloco B, e o tema será “Criação Literária”. Neste dia teremos uma oficina literária com o escritor e professor Luiz Guilherme Barbosa, do Colégio Pedro II, e vamos também conhecer mais do processo criativo do escritor e professor Fábio Cairolli (UFF).

Confiram as fotos do ateliê de 24 de agosto de 2018: 

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Núcleo de Tradução e Criação (NTC) do Instituto de Letras da UFF, campus Gragoatá, tem o prazer de convidá-lo para o primeiro encontro de 2018/2 do Perdidos & Achados – Ateliê de Tradução e Criação. Vai ser na sexta-feira dia 24/8, a partir das 14h, na sala 414 do Bloco B, e o tema será “Poesia Indo-Iraniana em Tradução: Métrica Védica e Persa”. Neste dia vamos conversar com o professor da UFF Bruno Gripp, e com Nicolas Voss, doutorando da PUC-Rio. O debatedor será o professor Beethoven Alvarez (UFF).

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

O Núcleo de Tradução e Criação (NTC) do Instituto de Letras da UFF, campus Gragoatá, convida para o encontro de maio do Perdidos & Achados – Ateliê de Tradução e Criação. Vai ser na sexta-feira dia 11/5, a partir das 14h, na sala 414 do Bloco B. Neste dia vamos conversar com a professora da UFF e tradutora Mônica Fiuza que vai nos falar sobre o tema “A experiência de uma viagem”, e com a doutoranda em Estudos de Literatura da UFF Juliana Serôa da Motta Lugão, que está traduzindo “A Crônica Berlinense” de Walter Benjamin e vai focalizar o papel de elementos histórico-culturais no processo tradutório. A debatedora será a Professora Susana Kampff Lages (UFF).

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

O Núcleo de Tradução e Criação (NTC) do Instituto de Letras da UFF, campus Gragoatá, convida para o primeiro encontro de 2018 do Perdidos & Achados –Ateliê de Tradução e Criação. Vai ser nesta sexta-feira (13/4), a partir das 14h, na sala 414 do Bloco B. Neste dia vamos conversar com o professor da UFRJ e tradutor Marcelo Jacques de Moraes sobre o seu livro recém-publicado Língua contra língua ­­(7Letras, 2017), que reúne textos seus dedicados à reflexão sobre a tradução, partindo sempre de sua experiência como tradutor literário e pesquisador da literatura francesa. Debatedores: Beethoven Alvarez e Carolina Paganine (UFF), Masé Lemos (UNIRIO).

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Programação:

Uma experiência colaborativa de tradução: apresentaremos a nossa tradução do verbete “Retranslation” (2010) de Kaisa Koskinen and Outi Paloposki e conversaremos sobre algumas dificuldades relacionadas ao processo de traduzir um texto teórico. (profa. Carolina Paganine, monitores Matheus Curi e Ricardo Ferreira Filho, UFF)

 Um recorte poliglota das retraduções de Joyce: Esta apresentação visa mostrar e comentar algumas passagens selecionadas de traduções de obras de James Joyce para o português (do Brasil e de Portugal), o espanhol (da Espanha e da América Latina) e o francês (França). Serão selecionados trechos especialmente de Dubliners (1914) e A Portrait of the Artist as a Young Man (1916). A apresentação pretende, também, lançar um olhar crítico sobre o conceito de retradução.  (prof. Vitor Alevato do Amaral, UFRJ)

Práticas artísticas contemporâneas: dos documentos poéticos à estética do banco de dados:  Vamos mapear práticas artísticas contemporâneas que vinculamos às noções de “documentos poéticos”, cunhada por Frank Leibovici, e “estética do banco de dados”, proposta por Lev Manovich. Trata-se de observar procedimentos de criação artística e literária que mobilizam materiais concretos existentes no mundo – documentos, obras, dados armazenados –, criando novas intensidades para um material linguístico e visual adormecido ou desgastado. (profa. Masé Lemos e profa. Carla Miguelote, UNIRIO)

Programação:

Dois sóis, duas luas: estudos de adaptação
“A invenção de Morel”, romance do argentino Adolfo Bioy Casares (1914-1999), foi mote para o filme “O ano passado em Marienbad” (1961), de Alain Resnais. Em 2006, Jean-Pierre Mourey adaptou-o para HQ, apresentando em seu posfácio chaves de leitura que são de grande ajuda. Vamos tentar a construção coletiva de conhecimento a partir desse estudo de caso. (Profa. Renata Cazarini)

Traduzindo e (sub)vertendo o pentâmetro iâmbico inglês: tentativas e lágrimas
A ideia é apresentar tentativas jubilosas de tradução do pentâmetro iâmbico inglês de William Blake (1757-1827) e Robert Frost (1874-1963) para o decassílabo português. E ainda uma versão chorosa dos decassílabos de Luís Delfino (1834-1910) para o pentâmetro inglês. Muito prática, a apresentação tende a discutir as perdas e ganhos em termos de ritmo. (Prof. Beethoven Alvarez)

Tradução da poesia de Emily Dickinson
A partir da experiência de traduzir a poesia completa de Emily Dickinson (1830-1886),  vamos conversar sobre o processo de tradução e as diferentes traduções dessa poesia. (Prof. Adalberto Müller)

Literatura infantil traduzida com a profa. Sonia Monnerat.

Eventos

Postado por admin em 11/jan/2018 -

Translate »